O Estado de São Paulo confirmou nesta terça-feira a primeira morte provocada pela variante Delta da Covid-19.

De acordo com a secretaria municipal da Saúde de Piracicaba, a vítima é uma mulher de 74 anos, que tinha comorbidade e, apesar de já ter tomado as duas doses da vacina não conseguiu resistir à doença.

A variante Delta é vista com grande preocupação no mundo e foi responsável por um grande aumento de casos nos Estados Unidos e em países da Europa.

A cepa é considerada muito mais transmissível que a versão original e consegue circular facilmente entre pessoas vacinadas, o que ajuda a elevar a taxa de contaminação.

publicidade

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!