Quem convive constantemente com gatos provavelmente já sabia disso. E até que não tem tanta interação com os felinos pode ter reparado. Os animais de três cores, as gatas tricolor, são sempre fêmeas. Mas você sabe o motivo da coloração só aparecer nelas?

A resposta, claro, é a genética. O grande ponto é: como só as fêmeas ganham esse padrão de cores? Para entender isso, primeiro é preciso destacar que as cores dos pais determinam a dos filhotes. O preto e o laranja são determinados por cromossomos sexuais.

Leia mais:

Assim como humanos, gatos machos possuem o cromossomo sexual XY, enquanto a fêmea é XX. Tanto o preto como o laranja vêm do X. As demais cores, de acordo com o veterinário João Motta de Quadros, acontecem por outros cromossomos, como a cor branca.

publicidade

“A intensidade do branco ou cinza é determinado pelo tanto que esse outro gene é expressado no momento da embriogenese”, emendou o veterinário. Como gato macho só tem um gene X, ele vai ser ou preto, ou laranja.

As fêmeas, por terem dois, podem ser as gatas tricolor, já que a cor branca vem de outra parte. Ou mesmo as famosas escaminha, apenas em preto e laranja.

gata tricolor fêmea
As gatas tricolor têm essas cores por causa dos cromossomos XX. Imagem: Karoline Albuquerque/casino.guru

Mas, não se engane. Até existem machos tricolor e escaminha. Eles, porém, são extremamente raros e acabam tendo problemas reprodutivos, sendo considerados estéreis. Isso porque se trata de uma anomalia genética.

“Semelhante ao ser humano, existem anomalias relacionadas aos cromossomos sexuais. O gato macho tricolor é um indivíduo que recebeu três genes reprodutivos. Eles são XXY. O primeiro X faz ele expressar a cor laranja e o outro X a cor preta”, disse Quadros.

Já os laranja, em sua maioria, são machos. Imagem: Pixel Cat Photo/Shutterstock

E os gatos laranja?

Outro detalhe entre os felinos é a predominância dos machos laranja. Até existem gatinhas fêmeas nessa cor. Mas, a maioria esmagadora é composta por machos. Mais uma vez, prece a genética. “Como as fêmeas possuem dois X, a chance de um deles de expressar a cor preta é de 50%”, explicou o veterinário.

Mas, o que determina o padrão de um gato?

O gato Narnia tem o rostinho perfeitamente dividido entre duas cores. Imagem: Reprodução/Twitter @AmazingNarnia

As cores se expressam por toda a pelagem dos bichinhos. Um gato famoso na internet é o francês Narnia, que tem metade do rosto na cor preta e a outra metade cinza, em uma divisão perfeita.

“Quando o filhote está ainda sendo formado, a expressão desses genes se dá no sentido das patinhas para as costas. Em raras situações é feito no sentido horizontal. Então, um gato que é preto e tem baixa expressão da cor branca vai ter branco somente nas patinhas e extremidades. Conforme aumenta essa expressão do branco ele ‘toma conta’ da coloração preta”, completou João Motta de Quadros.

Então, qual a cor do seu gatinho?

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!