Quem investe em ações das gigantes de tecnologia, está sendo testado ultimamente. Afinal, a semana terminou com mais uma queda no índice de ações Nasdaq 100, que reúne as 100 maiores empresas não financeiras da bolsa de valoresamericana.

O Nasdaq 100 registrou sua pior semana desde janeiro deste ano depois da publicação de um relatório sobre a inflação nesta terça-feira (13), em que foi sugerido que os preços poderiam permanecer mais altos por mais tempo do que o previsto.

Em números, a queda registrada foi de 5,8%. Com isso, esta foi a terceira perda semanal de 4% ou mais do índice desde que a recuperação do verão terminou em meados de agosto.

Índice da bolsa americana, Nasdaq-100 registrou queda novamente nesta semana
Índice registra queda de quase 16% no acumulado dos últimos seis meses. Imagem: Google / Reprodução

“As grandes empresas de tecnologia enfrentam mais problemas até que a inflação seja resolvida”, disse Matt Maley, estrategista-chefe de mercado da Miller Tabak + Co. “Os mercados ainda precisam se adaptar ao fato de que nós não vamos ter níveis maciços de liquidez e taxas de juros artificialmente baixas”.

publicidade

É verdade que o índice permanece acima da mínima alcançada em 16 de junho, mas a diferença está diminuindo. Assim, muitos dos maiores nomes do setor de tecnologia já estão sondando novas profundidades.

É o caso, por exemplo, da Meta Platforms Inc., controladora do Facebook. A empresa atingiu o menor nível visto desde o início de 2019, depois de cair 14% esta semana. Já a fabricante de chips Nvidia Corp. caiu 8% e teve seu menor nível após um ano e meio.

Leia também:

Os temores de que a economia dos Estados Unidos esteja destinada a uma recessão foram fortalecidos na última quinta-feira (15). Isso porque FedEx Corp, empresa de entrega de encomendas, soltou um relatório em que retirava a possibilidade de lucros neste ano – que, em última instância, a fez perder US$ 11 bilhões de valor de mercado.

Essa turbulência contribuiu ainda mais para que as gigantes de tecnologia enfrentassem nova queda acentuada nesta sexta-feira. As ações da Amazon.com Inc., por exemplo, caíram mais de 2%.

No total, nove empresas atingiram novas mínimas, a maior desde a primeira semana de julho, segundo dados compilados pela Bloomberg. Entre elas, Alphabet Inc.,Intel Corp.eZoom Video Communications Inc.

Phil Blancato, presidente-executivo da Ladenburg Thalmann Asset Management, está otimista de que a inflação vá desacelerar nos próximos meses, o que permitiria ao FED, banco central dos EUA, interromper a campanha de alta de juros.

Enquanto isso não acontece, alguns investidores aproveitam essas baixas na bolsa americana para ir às compras e garantir ações das gigantes de tecnologia a preços mais baixos.

ViaBloomberg.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Ganesha Gold? Inscreva-se no canal!