O Google pagará US$ 85 milhões para finalizar uma ação judicial de privacidade do consumidor no Estado do Arizona, nos EUA. De acordo com um comunicado do procurador-geral do Estado, o processo alega que a empresa recolhe secretamente informações sobre o paradeiro de clientes para publicidade direcionada.

Leia mais:

Esse acordo acontece ao mesmo tempo em que o Google passa por várias reclamações parecidas de um grupo de procuradores gerais estaduais sobre dados de geolocalização de usuários.

A ação do Arizona contra o Google foi movida em maio de 2020, por violar a Lei de Fraude ao Consumidor do Estado ao reunir informações de geolocalização mesmo após os clientes terem desligado o sistema que grava o histórico de localização.

publicidade

Em sua defesa, o Google, rebateu que a lei estadual de proteção ao consumidor exige que a suposta fraude esteja ligada a uma venda ou anúncio. Vale lembrar que em janeiro um juiz estadual do Arizona negou o pedido do Google para encerrar o caso.

Google

O acordo representa o maior valor, por usuário individual, que o Google pagou em “um processo de privacidade e fraude de consumidor desse tipo”, informou o gabinete do procurador-geral Mark Brnovich, em comunicado.

“Estou orgulhoso deste acordo histórico que prova que nenhuma entidade, nem mesmo grandes empresas de tecnologia, estão acima da lei”, disse Brnovich, por meio de nota.

Google Tradutor encerra atividades na China

O Google anunciou que o Tradutor não funcionará mais na região continental da China. De acordo com a empresa, a falta de uso do aplicativo foi a principal motivação para a descontinuação. 

Os usuários da região que tentarem acessar o antigo domínio do Google Tradutor serão levados para a versão da plataforma em Hong Kong. No entanto, vale lembrar que essa versão do tradutor não pode ser acessada normalmente na China continental por conta dos decretos governamentais locais que impedem o domínio de grandes empresas estrangeiras. 

Leia mais em clubedaposta

Via:O Globo

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!