De acordo com informação exclusiva divulgada pelo The Register, o chefe de negócios da Intel, grande empresa de tecnologiaechips, decidiu rescindir seu contrato e planeja renunciar do cargo.

Essa notícia pode causar um impacto ruim para a reputação da marca, ainda mais com a atual influência que a TSMC, uma das principais criadoras de chips, está causando no mercado de semicondutores.

Leia mais:

Randhir Thakur, vice-presidente sênior e presidente da Intel Foundry Services, “decidiu buscar outras oportunidades”, mas continuará liderando a unidade de negócios até o primeiro trimestre de 2023 para “garantir uma transição suave para um novo líder”, informou o CEO da Intel, Pat Gelsinger em um e-mail aos colaboradores nesta segunda-feira (22).

publicidade

“Somos gratos a Randhir pelo tremendo progresso que a IFS fez e por lançar as bases para que a Intel se torne uma empresa de classe mundial”, relatou William Moss, porta-voz da Intel. “Desejamos a ele tudo de melhor em seus novos empreendimentos”.

Ainda reforçando o e-mail, Gelsinger insinua que a empresa já pode ter um sucessor, ou pelo menos está perto de ter um, pois ele ressalta que compartilhará mais informações em breve “sobre o novo líder”.

“Randhir tem sido um membro importante da equipe de liderança executiva nos últimos dois anos e meio e ocupou vários cargos de liderança sênior desde que se juntou a nós em 2017”, escreveu Gelsinger. “Suas contribuições para nossa transformação 2.0 são muitas, mas a mais notável é sua liderança em manter nossos negócios IFS”.

Intel

No começo de 2021, a Intel fortaleceu sua produção de chips e a nomeou de Intel Foundry Services com a intenção de competir com a TSMC e a Samsung, atualmente as duas maiores fabricantes de chips do mundo.

Gelsinger projetou a Intel Foundry Services, criando a estratégia IDM 2.0 para que ela ultrapassasse seus competidores no setor e dobrasse sua produção, já que a Samsung e a TSMC fabricam chips para rivais da Intel, como a AMD, Nvidia e Apple.

O IDM 2.0 é uma evolução do modelo tradicional de fabricação de dispositivos integrados da Intel, onde ela fabrica chips projetados internamente.

Em seu e-mail para os funcionários, Gelsinger creditou Thakur por estabelecer uma “equipe de liderança experiente com veteranos das principais fundições” como a TSMC e Samsung. Ele acrescentou que o líder da Intel Foundry Services também “garantiu a conquista de grandes clientes nos segmentos móvel e automotivo” e ajudou a empresa a ganhar o prêmio RAMP-C do governo dos EUA.

“Desde o segundo trimestre, a IFS expandiu os seus compromissos para sete dos 10 maiores clientes de semicondutores, juntamente com o crescimento consistente do pipeline, para incluir 35 chips de teste de clientes”, afirmou Gelsinger. “Este é um tremendo progresso em apenas 20 meses!”.

De acordo com Thakur, ele espera que os serviços da Intel ultrapassem os negócios da Samsung até 2030. Entretanto, a empresa não possui bons resultados no momento. No terceiro trimestre, a Intel Foundry Services gerou apenas US$ 171 milhões, o que representou cerca de 1,1% da receita de US$ 15,3 bilhões da empresa no período.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do netbet? Inscreva-se no canal!