A Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) anunciou um lucro no terceiro trimestre de 211 bilhões de dólares de Taiwan (equivalente a cerca de US$ 6,69 bilhões) nesta quinta-feira, 19 de outubro, à medida que a demanda fraca por eletrônicos de consumo persiste. Apesar de ter sido a maior queda de lucro desde o primeiro trimestre de 2019, a maior fabricante de chips do mundo superou as expectativas dos analistas.

  • Aqui estão os resultados do terceiro trimestre da TSMC em comparação com as estimativas do consenso da Refinitiv (via CNBC):
    • Receita: 546,73 bilhões de dólares de Taiwan (17,28 bilhões de dólares americanos), em comparação com os 540,39 bilhões de dólares de Taiwan esperados.
    • Lucro líquido: 211 bilhões de dólares de Taiwan, em comparação com os 191,43 bilhões de dólares de Taiwan esperados.
    • A TSMC relatou uma queda de 10,83% na receita em relação ao ano anterior, totalizando 546,73 bilhões de dólares de Taiwan, enquanto o lucro líquido caiu 24,87% em relação ao ano anterior, chegando a 211 bilhões de dólares de Taiwan.
    • Isso se compara com a orientação da TSMC para a receita do terceiro trimestre entre 16,7 bilhões de dólares e 17,5 bilhões de dólares.

Leia mais:

Nosso negócio foi sustentado pelo forte avanço de nossa tecnologia líder de 3 nanômetros e pela maior demanda por tecnologias de 5 nanômetros, parcialmente compensada pelo ajuste contínuo de estoques dos clientes.

TSMC em seu relatório de resultados

A gigante dos chips disse que a receita aumentou 13,7% no terceiro trimestre em comparação com o segundo trimestre. No segundo trimestre, a empresa taiwanesa registrou uma queda no lucro trimestral pela primeira vez em quatro anos devido a uma queda na demanda por eletrônicos de consumo, como smartphones e laptops, após a pandemia.

No entanto, analistas afirmaram que os estoques de chips nas fabricantes de smartphones e PCs estão se esgotando e esperam que a demanda de reposição retorne. Durante a teleconferência de resultados na tarde de quinta-feira, o CEO C.C. Wei disse que a empresa espera que os estoques continuem a diminuir.

publicidade

Devido às persistentes condições macroeconômicas globais mais fracas e à lenta recuperação da demanda na China, os clientes permanecem cautelosos em seu controle de estoque. Por isso, esperamos que a digestão de estoques continue no quarto trimestre. Dito isso, estamos observando alguns sinais iniciais de estabilização da demanda no mercado de PCs e smartphones.

C.C. Wei, CEO da TSMC

A TSMC é a principal produtora dos processadores mais avançados do mundo. A empresa taiwanesa fabrica semicondutores para empresas como AppleeNvidia, que frequentemente se baseiam na arquitetura Arm. Ela atualmente fabrica chips de 3 nanômetros e planeja iniciar a produção em massa de chips de 2 nanômetros em 2025.