Se você é um entusiasta dos games, certamente já ouviu falar do termo “Metroidvania“. Esses jogos, que combinam elementos de duas franquias icônicas – Metroid e Castlevania – criaram um gênero próprio e conquistaram legiões de fãs ao redor do mundo. Vamos entender exatamente do que se trata esse gênero e suas principais características.

Leia também:

eacdn - O que são jogos Metroidvania?

A expressão “Metroidvania” surge da fusão das palavras Metroid e Castlevania, dois títulos que desempenharam um papel crucial na definição desse gênero. Esses jogos compartilham características marcantes, como a exploração não linear de ambientes interconectados, habilidades que desbloqueiam novas áreas, o “backtracking” (o ator de ir e voltar inúmeras vezes entre os ambientes e áreas do jogo) e uma narrativa envolvente.

Em termos simples, um jogo Metroidvania apresenta um mundo expansivo e interligado, repleto de desafios e segredos. Os jogadores começam com habilidades limitadas e, à medida que avançam na trama, desbloqueiam novas capacidades que abrem caminho para áreas previamente inacessíveis. Essa progressão habilidade-ambiente é a essência do gênero.

publicidade

Elementos-chave dos jogos do gênero

  • Exploração não linear: Diferente de jogos lineares, os Metroidvanias incentivam a exploração extensiva. Voltar a áreas anteriores com novas habilidades muitas vezes revela segredos e atalhos.
  • Desbloqueio de habilidades: A sensação de crescimento do personagem é fundamental. Desbloquear novas habilidades não apenas facilita a exploração, mas também aprimora a jogabilidade.
  • Mapa intrigante: Um mapa intricado é uma característica fundamental. Os jogadores precisam entender as conexões entre as áreas para otimizar sua progressão.
  • História envolvente: Muitos jogos Metroidvania contam com narrativas cativantes. A imersão na trama é tão importante quanto a exploração do ambiente.

Exemplos notáveis de jogos Metroidvania

A série “Metroid” é o ponto de partida para o gênero que leva seu nome, sendo uma referência fundamental para desenvolvedores de jogos. Ela se destaca pela abordagem pioneira na exploração não linear, proporcionando experiências envolventes e desafiadoras.

“Castlevania: Symphony of the Night” desempenha um papel crucial na evolução do gênero Metroidvania. Este título moldou a categoria ao introduzir elementos de RPG e criar um vasto castelo interconectado, proporcionando aos jogadores uma narrativa rica e uma exploração imersiva e sendo considerado até hoje um dos jogos mais influentes da história dos videogames.

Castlevania: Symphony of the Night
Konami/Divulgação

“Hollow Knight” representa uma obra-prima moderna dentro do universo Metroidvania. Com uma narrativa envolvente, o jogo leva os jogadores a explorar um vasto mundo subterrâneo repleto de desafios intrigantes, proporcionando uma experiência única e emocionante e é tido como um clássico moderno do estilo de jogo.

Por sua vez, “Dead Cells” traz uma abordagem roguelike ao gênero Metroidvania, enriquecendo ainda mais o gênero. Com elementos de aleatoriedade a cada partida, o jogo mantém a jogabilidade sempre fresca e imprevisível, desafiando os jogadores a se adaptarem constantemente a novos desafios.

Esses títulos não apenas contribuíram para a definição do gênero Metroidvania, mas também demonstram a versatilidade e a constante inovação dentro desse fascinante universo de jogos.

Os jogos Metroidvania continuam a evoluir, inspirando novos títulos e desafiando os limites do que é possível em termos de exploração e narrativa nos video games. Se você ainda não mergulhou nesse universo fascinante, está na hora de começar a explorar os corredores sombrios, as cavernas misteriosas e os castelos encantados que aguardam sua descoberta.